Paróquia de São Vicente de Paulo

Quarto dominog de 2015 da Quaresma

 

Deus ama o ser humano. Esta é a mais feliz notícia que o evangelho de hoje proclama (João 3, 14-21), no qual percebemos estas duas partes de ideias maiores; 1ª) Oferta de vida e salvação por parte de Deus para todo aquele que crê em Cristo Jesus, seu filho. 2ª) Resposta do homem: aceitação ou recusa daquele que opta pela fé, ou incredulidade, luz ou trevas. Esta leitura evangélica é a segunda parte da entrevista noturna de Nicodemos com Jesus. Precede a catequese dialogal sobre o novo nascimento do homem pela água e pelo Espírito; algo que surpreende muito Nicodemos. Então Jesus usa o testemunho de sua autoridade. É a transição onde ele passa a falar na primeira pessoa do plural para um interlocutor também no plural “Nós falamos do que sabemos e damos testemunho daquilo que vimos: mas vocês não aceitam nosso testemunho”. E se entra assim na segunda parte ou sessão que hoje se proclama como evangelho e naquele se torna mais difícil distinguir quais são as palavras de Jesus daquilo que foi uma reflexão cristológica do autor do quarto evangelho e da comunidade. A síntese desse evangelho é o amor de Deus que salva toda a humanidade. Ele nos ama loucamente. Ama-nos não porque somos bons, mas porque Ele é bom e quer nos salvar e não nos perder. Deveríamos ter vergonha de nós mesmos diante do infinito amor e bondade de Deus. Deveríamos ter vergonha de nossa mesquinhez, auto-suficiência e da nossa falta de sinceridade diante da ternura de Deus. A lógica de Deus é sempre o amor e Jesus é a personificação do amor do pai que vai até às últimas consequências que é entregar seu único filho para nos salvar.

 

Pe. Raimundo Neto
Pároco de São Vicente de Paulo

Mensagem

...Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu pensamento.

Este é o primeiro e grande mandamento.

E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo...

Eventos